Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

Querido diário:

 

Muito resumidamente. Foi um dia bem passado, só tive uma aula, baldei-me ao apoio mais uma vez (vou nas próximas semanas, juro!), passei a tarde com um amigo meu. Demos uma volta pelo parque, comemos um gelado, depois ele esteve-me a dar umas "aulas" de inglês e apesar de  não ter mais aulas não tive coragem de o deixar de seca até hora das aulas de condução, por isso propus ir ao cinema.

Paguei-lhe o bilhete e as pipocas (depois de ouvir a queixar-se que queria pipocas)... Ele ficou todo contente, parecia um miúdo. Eu disse-lhe que ele também tinha de me pagar um almoço.

 

No meio do escuro não aconteceu nada, somo só amigos, não é? Logo no início pregou-me um susto e eu por pouco não saltava do banco.

 

Durante a maior parte do tempo acho que nem me lembrei que ele estava sentado ao meu lado.

 

Mais tarde fomos ao shopping, fomos ver as lojas  e ele até me deu umas sujestões mais... "artísticas" da roupa que eu levaria ao baile.

 

Pelo caminho encontrámos "algumas" amigas dele. Fogo, nunca vi um gajo que conhecesse tantas mulheres que simpatizassem com ele. Sempre que estou com ele aparece sempre alguma rapariga.

 

Mas prontes, gajos como aquele são raros. Sabem conversar, são muito educados, (não me adimira que as avózinhas gostem dele)cultos, sinceros, percebem de tecnologia, e acima de tudo saõ bons amigos e óptima companhia.

 

Tive a minha oportunidade, nunca lhe cheguei a dizer que gostava dele e sei que ele só me vê como uma amiga, tê-lo como amigo já é bom, mesmo.

 

Durante a tarde, cruzei-me com vários conhecidos, acho que quem nos visse juntos pensaria que erámos namorados e eu não me importo. Inevitalvemente pus-me a pensar como é que eu reagiria se ainda gostasse dele, quais seriam as oportunidades que eu aproveitaria...

 

Isto tudo talvez por eu ser uma romântica incurável.

 

O melhor é fiquei toda contente com este serão bem passado, não apanhei seca e não pensei no Atrevido.

 

Beijos

 

Uma Rapariga... que pensava que precisava de ter namorado para ser feliz (há algo mais além disso)


tags:

publicado por uma rapariga... às 21:13 | link do post | comentar

2 comentários:
De M. :) a 21 de Maio de 2008 às 21:25
Oh Querida ... não precisas de ter um namorado para seres feliz. Com amigos, familia, e coisas basicas, somos felizes.
Namorados ? Quando aparecerem sao bem-vindos certo ?
Obrigada pelo teu coment.
Adoro ler os teus posts. :)
São tão fiches .
Beijocas, grandes para ti querida.
**


De uma rapariga... a 29 de Maio de 2008 às 16:43
Claro o que é bom é sempre bem vindo.
Fico feliz por saber que gostas de ler os meus posts que para além de ser uma forma de exprimir as minhas preocupações e não só é também para divertir e distrair um pouco quem por cá passa.

bjinhs*


Comentar post

mais sobre mim
Já cuscaram o diário (desde 20 de Setembro de 2008)
msn spaces statistics
Single in Charlotte
Páginas recentes

Diário de uma rapariga un...

Trabalhos até ao pescoço....

Aulas na universidade: Ir...

2º aniversário do Diário ...

Sinto-me mais só numa cid...

Falida...

Respostas do Desafio "Ver...

Diário

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

diário

páginas soltas

desabafos

desafios

vídeos

ecologia

dicas

post-its

o início

também quero!

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds