Sexta-feira, 8 de Agosto de 2008

 

Já há bué que não posto…Achei mais fácil juntar os textos todos num único post, em vez de postar separadamente (coloquei sub títulos para facilitar). Por isso preparem-se: têm muito para ler...
 
Querido diário:
 
Passar as ferias em casa faz mal
 
Eu que o diga… que saudades de um pelo acampamento com o pessoal conhecido e maluco… Desde do dia em que fui ao médico por causa do atestado para a carta de condução no qual apanhei a maior seca da minha vida e a seguir acumulei mais outra em cima por ter chegado atrasada á depilação que me sinto alterada.
Sempre fui uma pessoa calma e paciente. Tinha problemas, dilemas, “crises de adolescente”, todos temos, apenas lidamos de maneira diferente com elas: uns explodem ou usam-nas para chamar a atenção, outros escondem-nas. Eu sempre soube reprimi-las e escondê-las, a maior parte das vezes não passavam de coisas insignificantes às quais dava muita importância. Só não explodia porque de vez em quanto tinha um escape: saída com os amigos/pessoal da minha idade, chegava a casa como nova. Mais calma, mais descontraída e até menos tímida.
Pois, desta vez não tive ainda oportunidade de ter o meu escape e explodi, ou melhor gritei. Estava com a minha irmã e aos poucos a calma e paciência que eu tinha sempre desapareceram, cheguei ao meu limite e dei um berro.
Agora ando menos paciente, não consigo estar quieta, com uma vontade de sair, nem as saídas familiares me satisfazem por completo… falta-me a “fauna nocturna” e principalmente passar algum tempo com pessoal mais ou menos da minha idade.
E por que é que não saio? Perguntas tu. Não tenho com quem sair. Os outros ou se cortam ou os pais não os deixam ir.
                       //                          
 
 
Finalmente mais um dia de praia
 
Fui outra vez à praia com a Caracolinha, a Tina e a Sereia :D Desta vez foi ainda mais fixe. He, he! Fomos de comboio e chegámos muito mais depressa. Como ainda era cedo estavam poucas pessoas na praia.
 
Decidimos ir para o outro lado da praia. Escolhemos um sítio e começamos a instalar-nos.
 
Passado um bocado olhamos para o horizonte e só víamos filas e filas de putos das férias desportivas, desde o estacionamento até ao restaurante da praia. Dirigiam-se para mesmo lado onde estávamos.
 
- Uai olha só pr'a aquilo! - Comentou a Caracolinho apontando para os putos.
- Ai, ainda por cima são só putos! Nem dá para molhar o olho! - Queixou a Sereia.
- Agora vem toda a gente para este lado!
 
Apesar do calor, estava vento. Fizemos uma espécie de corta-vento com os guarda-sois: Deitamo-los, juntámo-los e tapamos as parte de trás com areia para não voarem.
 
Foi uma tarde divertida. Foi só rir. Não só das conversas e piadas delas, mas da maneira de falar e de agirem. Das 3 raparigas, a Sereia, na minha opinião era aparentemente a mais tímida. A Caracolinho foi buscar uma revista que tinha na mochila, mas para desespero dela já a tinha lido.
 
A Tina folheou a revista e leu alguns signos. Depois passou á Sereia. Gargalha geral. Ela lia como se estivesse a declamar um poema: projectava a voz e gesticulava um pouco.
 
Já todas tínhamos ouvido as previsões dos nossos signos, por isso a Sereia passou mais algumas páginas e leu a secção do Consultório Sexual.
 
Imitava a voz de uma mulher mais velha com a pronúncia das pessoas da serra.
 
Não lhe escapava nada. Até a publicidade leu.
 
- Queres ser seduzido pela princesa da sedução? Envia já uma sms para o …. - Leu imitando a voz de uma locutora de rádio.
 
Nós com o entusiasmo começamos a rir e a falar um bocado alto demais.
Estávamos as 4 debaixo dos sobreiros, protegidas do vento, de tal modo mergulhadas nas nossas” leituras” que nem nos lembrávamos que estavam mais pessoas ao pé de nós.
Olhámos para trás e retomámos à leitura, desta vez moderámos a voz.
 
- Conto erótico… - Começou a Sereia a ler noutra página.
 
- Ui, olha só onde é que ela já vai…. - suspirou a Caracolinho.
 
                       //                          
 
Universidade só para o ano
 
No dia 30 fui ver a nota da minha prova de ingresso (exame de Desenho A). Estava mesmo nervosa.
O coração batia bum, bum… cada vez mais depressa, a minha cabeça pensava a mil à hora. Estava mesmo em pânico, a sério. Só queria ver o que o futuro me reservava
Interessava-me mais saber a nota independentemente de passar ou não. A verdade é que já não tinha tanta certeza de querer ir para a faculdade… pelo menos este ano não. Quanto mais se aproximava o momento menos me sentia preparada para levar a minha decisão para a frente.
 
Na noite anterior enquanto pesquisava as universidades, a papelada para a candidatura comecei a pensar se era mesmo isso que eu queria e cheguei à conclusão que eu queria ir tirar logo a carta de condução e descansar, pensar bem no que eu queria, podia até assistir a algumas disciplinas para depois estar bem preparada para os exames. Afinal tinha sido um ano muito intenso e as férias mais curtas do que o normal, acima de tudo queria parar um tempo, porque não me achei com, forças para mais um ano a estudar, ainda por cima na universidade, longe da família, numa cidade diferente. Sim, quero ir faculdade mas não este ano, prefiro esperar 1 ano para crescer e recarregar baterias.
 
Não passei no exame. Para mim foi um alívio a melhor coisa que me podia acontecer. A sério. Sempre pensei que quando deixasse de ir para a escola e de estudar nem que fosse só por uns tempos me daria uma coisinha má. Talvez por não me imaginar sem a rotina de ir á escola, estar com, os colegas, etc…
 
Agora sei que não é assim tão mau e não há mal nenhum em ficar um ano sem ir à escola.
 
Sinto que mudei nestes últimos dias. Estou a crescer… Aos poucos. Finalmente deixei de me armar em parva e aceitei algo que sempre evitei e me fazia agir de forma infantil: RESPONSABILIDADE. Estou aprender cozinhar (finalmente), inconscientemente fingia-me desentendida e medricas cada vez que a minha mãe me tentava ensinara fazer algum prato, já tenho mais calma para a minha irmã, trato de cenas sozinha, marcar consultas, ir a consultas, tratar de papelada (que dantes fazia acompanhada ou faziam por mim). E a relaxar… agora que não tenho de ir estudar. Já não stresso tanto, a pensar na escola, nas aulas, nos trabalhos, no primeiro dia de aulas… e consigo apreciar a vida.
Não me lembro de me sentir tão bem, vou aproveitar bem estas férias prolongadas, porque depois vai ser sempre a abrir.
 
Agora é concentrar-me no meu passaporte para a liberdade e independência -> carta de condução
 
 
Beijos,
Uma rapariga feliz :D
 

tags:

publicado por uma rapariga... às 20:37 | link do post | comentar

7 comentários:
De big smoke a 8 de Agosto de 2008 às 21:49
fazes bem tirar a carta de conducao...
aki o palerma..ainda ta para tirar...n devia de dizer isto...mas ja ando para a tirar ha 3 longos anos... :S
poix e..podes gozar..e ixo tudo..mas nem de chumbar...perdi a vontade...perdi interesse..sei la...perdi tanta coisa..e axo ke comecei a apanhar medo de a tirar..mas prntx..o parvo sou eu..olha isto ate foi um bom desabafo..como tbm li isto tudo..agora tbm les o meu xD
nao sei se ja comentas te o ultimo..mas fiko ha espera =)
praia..e mais praia...adoro..gosto mto...mas tbm nao tenho ido..falta de companhia...tenho ido xmp sozinho..ke ja nem me apetece ir =(
universida...nao digo nada..pk so tenho o 9 ano...tbm para mim..universidade..para o noxa merda de pais..nao vale a pena..sinceramente...mas segue..
todos todos crescemos..todos os dias...se nao e hj e amanha..mas todos os dias cresce..nao foi so estes dias..tu cresces todos os dias..eu tbm..todas a pessoas..mas mais umas ke outras..ixo tbm e verdade...
bem..ja deve tar isto uma seka das gandes xD
bjux***


De uma rapariga... a 9 de Agosto de 2008 às 20:48
LOl achas que sim? é sempre bom receber e ler comentários sejam grandes ou pequenos. Todos somos diferentes com objectivos e desejos diferentes. Ninguém é obrigado a tirar um doutoramento, dizes bem, como isto está nesta altura não é preciso exagerar muito nos estudos, uma coisa média tipo 9º ano e um curso profissional ou equivalencia a 12 º acho que chega. Cada um safa-se como se pode.
Quanto à carta se quiseres tirá-la e é importante para ti continua a tentar, não é à 3a é a 4ª ou 5ª... É normal que estejas com receio... Não fiques a pensar no pior,às vezes quanto mais pensamos mias temos medo e criamos bichos papões.

A minha mãe à custa disso tem bué medo de andar em autoestradas e só anda mesmo nos arredores da nossa zona.

Não penses muito...Atira-te de cabeça! :D

bjs***


De uma rapariga... a 9 de Agosto de 2008 às 20:49
quando digo andar, refiro-me a conduzir...


De Sophie a 10 de Agosto de 2008 às 17:40
Eu por experiencia propria também fiz uma paragem no ano anterior prque achei que não estava preparada ,e aquilo não era para mim, este ano prometi que voltava e vou voltar.
Estava farta da pressão da escola em casa etc ,acho que depois de um ano de descanso sinto-me preparada para começar outra vez.
Nós crescemos e temos que aprender a tratar das muitas coisas sozinhas acabamos por muitas vezes preferir fazer isso sozinha .

beijinhu :D


De uma rapariga... a 11 de Agosto de 2008 às 22:44
Mesmo... é melhor fazermos as coisas sozinhos do que nos pormos à espera que os outros as façam, se deixarmos que façam as cenas por nós acabamos mal habituados...

Sabermos fazer as coisas sozinhos é mais um ponto para a nossa auto-estima, faz-nos sentir mais seguros e confiantes connosco próprios:)

bjinhs***


De A jovem a 10 de Agosto de 2008 às 18:29
Bem...isto é longo, logo tem muito que comentar...:p
Para começar...concordo plenamente contigo...passar ferias em casa nao da com nada...eu este ano ja fui passar uns diazitos ha praia mas souberam-me a tao pouco que ate me parece que nao cheguei a sair de casa...
Quanto à questao da universidade...se chegaste a conclusao que nao estavas preparada para entrar este ano ainda bem que nao podes mesmo entrar...assim nao ha a hipotese de te arrependeres...mas se nao estas preparada este ano de descanso vai-te fazer bem...tens tempo de sobra para ver o que queres fazer da vida...

Beijokinha


De uma rapariga... a 11 de Agosto de 2008 às 22:52
xP
Acho normal... As férias a maior parte das vezes precem não compensar o tempo que estamos em casa. Se soube a pouco tenta duplicar o tempo de férias...
:)

bjinhs***


Comentar post

mais sobre mim
Já cuscaram o diário (desde 20 de Setembro de 2008)
msn spaces statistics
Single in Charlotte
Páginas recentes

Diário de uma rapariga un...

Trabalhos até ao pescoço....

Aulas na universidade: Ir...

2º aniversário do Diário ...

Sinto-me mais só numa cid...

Falida...

Respostas do Desafio "Ver...

Diário

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

diário

páginas soltas

desabafos

desafios

vídeos

ecologia

dicas

post-its

o início

também quero!

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds